A SG Esports, campeã do SA TI Qualifier, fala sobre fazer história no Dota 2 brasileiro: "A emoção tomou conta de todos nós"

A notável classificação para o The International 10 foi discutida pela equipe de Dota 2 da SG Esports com o Esports.gg.

A SG Esports foi a primeira equipe totalmente brasileira a se classificar para o The International 10 (TI10) após uma emocionante partida de 5 finais em que derrotou a Team Unknown. Costabile, 4dr, Tavo, thiolicor e KJ, juntamente com o gerente da SG Esports na China, foram gentis o suficiente para conversar com o Esports.gg sobre sua conquista histórica. A equipe impetuosa nos deu um tour pela árdua jornada até esse ponto nos últimos meses.

Depois de uma Grand Finals tão exigente, como a sua equipe se sentiu quando foi selecionada para o International 10?

SG Esports: Uma sensação de grande realização permeou a atmosfera. Apesar de nossa viagem pelas Temporadas Um e Dois do SA DPC não ter sido das melhores, entramos nas qualificações do TI10 nos sentindo muito bem em relação à nossa preparação. Todos parecíamos estar de acordo quando vencemos e a emoção tomou conta de nós. Parecia uma verdadeira família e equipe, os jogadores, o técnico e a equipe.

 

A Argentina reina: Líder nas Eliminatórias após vitória sobre o Brasil na Transição

A Argentina manteve a liderança nas eliminatórias da Copa do Mundo da CONMEBOL após vencer a fraca seleção brasileira em um momento de transição sob o comando do técnico do Fluminense, Fernando Diniz.

Além do meio-campista Casemiro, do zagueiro Éder Militão e dos atacantes Neymar Jr. e Vinícius Jr., os anfitriões também não contaram com Marquinhos no intervalo.

A temporada da Seleção tem sido desafiadora até agora; em seus seis jogos, a equipe venceu apenas uma vez e empatou duas.

O Brasil precisa melhorar se quiser garantir uma vaga no torneio nos EUA, Canadá e México daqui a três anos, já que apenas seis equipes passarão automaticamente do grupo.

A classificação é apenas o primeiro passo para que nossa jornada no TI10 seja eterna na história do Brasil - Gerente da SG Esports, China

Sua jornada até aqui não foi isenta de dificuldades, mesmo com um desempenho admirável nas eliminatórias do TI10. O gerente da SG Esports, Paulo “China” Fong, fala mais sobre as mudanças pelas quais a equipe passou para chegar a essa fase.

Sem dúvida, esse é um feito histórico para o Brasil. O International está sendo disputado por uma equipe totalmente brasileira pela primeira vez. Qual é a sensação de estar envolvido em uma conquista como essa?

China: Sem palavras! Curiosamente, eu havia comentado com minha esposa Roberta que meu objetivo para 2020-2021 era me tornar o primeiro técnico de um time formado inteiramente por jogadores brasileiros no TI. No dia da final, fiquei muito emocionado com a realização desse objetivo. E esse é apenas o começo da narrativa para todos nós. A classificação é apenas o começo de nossa aventura no TI10, onde esperamos ir além e deixar um legado duradouro na história do Brasil.

Transformação da equipe: Adaptações cruciais nas eliminatórias e no TI10 SA

Como a equipe se ajustou para as eliminatórias de maio e para as eliminatórias do TI10 SA em andamento?
China: Muita coisa mudou. Podíamos ficar completamente concentrados e absortos no jogo porque todos estavam juntos. Basicamente, passávamos todos os dias, das 13h às 22h, pensando no Dota. Basicamente, conversávamos entre isso e em nossos intervalos. Em uma tentativa de melhorar nosso relacionamento, todos nós evitávamos usar as mídias sociais e conversávamos regularmente. Dessa forma, o psicólogo e o técnico da equipe também ajudaram.

Há muito mais no processo de preparação do que muitos imaginam – muitas pessoas o confundem com apenas jogar. Para os iniciantes, é fundamental manter a consistência no regime de treinamento. Ser uma unidade coesa e viajar na mesma velocidade é a parte mais difícil. Ao fazer isso, garantimos que nossa equipe estivesse totalmente preparada para qualquer adversário.

isabella da silva
isabella da silva

Table of Contents

Must Read