Lula: Messi deve servir de exemplo para os jogadores brasileiros, ganhar a Bola de Ouro não combina com festas

O presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva disse na terça-feira que Leo Messi, que recebeu o seu oitavo prêmio Ballon d’Or na segunda-feira, deveria servir de inspiração para a “juventude brasileira” que não conquistou nada há muito tempo.

Seus comentários foram interpretados como críticas a uma geração de jogadores de ouro, incluindo Neymar, que não conquistou nenhum reconhecimento desse tipo.

“Não é possível que Messi não sirva de exemplo para os jogadores brasileiros”, disse o líder progressista, conhecido fã de futebol, em sua transmissão semanal nas redes sociais.

“Um jogador de 36 anos, atuando na liga dos Estados Unidos, foi campeão mundial no ano passado e este ano venceu novamente o Ballon d’Or.”

Sua atitude faz a diferença

O chefe de estado do Brasil destacou o profissionalismo da estrela argentina e sua dedicação, mesmo jogando atualmente em uma liga menos competitiva, citando atributos que, em sua opinião, parecem faltar nas revelações brasileiras que desaparecem tão rapidamente quanto são descobertas.

“O Messi deve ser uma inspiração para os jovens brasileiros, para aqueles jogadores jovens que surgem, são transferidos para o exterior aos 16 ou 17 anos e depois desaparecem”, disse ele.

Segundo o político, as vitórias do Messi devem impressionar os jogadores brasileiros e fazê-los entender que um ídolo deve ser profissional, dedicado e dar o exemplo.

“Ganhar o Ballon d’Or é para profissionais e não combina com festas, com festas noturnas. Se você não der o exemplo, não serve para muita coisa”, disse ele, referindo-se a alguns jogadores brasileiros, mas sem mencionar nenhum deles pelo nome.

O que deu errado?

Segundo o presidente, as revelações brasileiras transferidas para a Europa em idade muito jovem talvez faltem estrutura psicológica ou tenham muita vaidade para se manterem competitivas.

Lula lembrou que a seleção brasileira não conquista um título mundial há quase 22 anos e não possui um verdadeiro ídolo.

“Há 22 anos não ganhamos nada e do jeito que estamos, se não tomarmos consciência de que precisamos melhorar e ser mais sérios e responsáveis, vamos passar muito mais tempo sem vencer”, afirmou.

isabella da silva
isabella da silva

Table of Contents

Must Read